Conectate con nosotros

Geral

Fertilizante: 2 milhões de hectares de lavouras já usam pó de rocha

Publicado

en

Produtores rurais buscam bioinsumos para reduzir custo da produção e aumentar rentabilidade

É crescente no Brasil a adesão de produtores rurais a práticas de agricultura sustentável e econômica, que utilizam mais bioinsumos e organismos biológicos. Para melhorar a fertilidade das plantas e reduzir os custos de produção, milhares de agricultores do país passaram a usar os chamados remineralizadores de solo em diferentes tipos de plantios.

Especialistas apontam que este movimento tem possibilitado a busca por fontes naturais de nutrientes, como rochas e pedras, que contêm minerais com o potencial de recuperar solos em regiões mais áridas.

Segundo a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), estima-se que a área plantada no Brasil com os agrominerais já ultrapasse dois milhões de hectares. Só em Goiás, estado pioneiro no uso dos novos insumos, há registro de pelo menos 250 mil hectares plantados com adubação mineral ou biológica.

O objetivo dos produtores, principalmente pequenos e médios, é reduzir a dependência de insumos químicos de preço elevado e garantir a rentabilidade da lavoura. No entanto, a principal queixa deles é a baixa oferta de insumos nacionais eficientes no mercado. Cerca de 95% do cloreto de potássio, por exemplo, um dos fertilizantes mais utilizados no Brasil, são importados.

Sigue leyendo
Anuncio

Más popular