Conectate con nosotros

Internacionales

Contas externas do Brasil registam défice de 10,8 mil milhões

Publicado

en

Foi o maior défice registado pelo Brasil no mês de janeiro em cinco anos.

As contas externas do Brasil registaram um défice de 11,8 mil milhões de dólares (10,8 mil milhões de euros) em janeiro, aumento de 31,3% na comparação com o mesmo mês de 2019, divulgou hoje o Banco Central do país. Foi o maior défice registado pelo Brasil no mês de janeiro em cinco anos.

Segundo o Banco Central brasileiro, o aumento do défice deve-se principalmente à retração de 3,6 mil milhões de dólares (3,3 mil milhões de euros) no saldo da balança comercial, que inclui exportações e importações de produtos.

As transações correntes do país, calculadas pela soma da balança comercial, serviços e juros, receita e dividendos que o Brasil envia e recebe do exterior, nos últimos 12 meses, totalizaram 52,3 mil milhões de dólares (48,1 mil milhões de euros), equivalente a 2,85% do Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro.

Já o saldo de serviços (viagens internacionais, transporte, aluguer de investimentos, entre outros) registou défice de 2,7 mil milhões de dólares (2,5 mil milhões de euros) em janeiro, 6,4% inferior ao mesmo mês de 2019.

Sigue leyendo
Anuncio

Más popular