Conectate con nosotros

Internacionales

Preço da soja dispara nos EUA com piora do clima

Publicado

en

O preço da soja na Bolsa de Cereais de Chicago registrou na quarta-feira (12.06) alta de 18,75 pontos no contrato de Julho/19, fechando em US$ 8,78 por bushel. Os demais vencimentos em destaque da commodity na CBOT também fecharam a sessão com valorizações entre 18,50 e 18,75 pontos.

Os principais contratos futuros dispararam no mercado norte-americano de soja, com o agravamento da situação de plantio da soja americana. “As perspectivas climáticas adversas deram o principal impulso aos preços. Os mapas continuam a apontar para as chuvas nas próximas semanas e o mercado começou a deduzir mais atrasos nas tarefas de plantio. Juntamente com isso, começou-se a especular com um cenário de possível queda na área e rendimentos das culturas”, aponta o analista Luiz Fernando Pacheco, da T&F Consultoria Agroeconômica.

De acordo com a ARC Mercosul, os ânimos florescem na CBOT em pleno mercado climático: “De um lado, mapas de chuvas em constante variação, de outro a proximidade de um novo encontro político entre Estados Unidos e China, realçando a especulação sobre o futuro da Guerra Comercial. O recente acordo entre estadunidenses e mexicanos coloca um otimismo no mercado em respeito ao posicionamento de Trump frente ao líder chinês, Jinping”.

A ARC acredita que a possibilidade da volta das negociações não irá eliminar as atuais tarifas bilaterais sobre importação: “Entretanto, novas retaliações e ameaças deverão ser colocadas de lado, em um termo de ‘cessar-fogo’. Já na questão climática, assim como informamos no começo desta semana, as previsões trazem a volta das chuvas intensas para a última semana de junho, em especial”, concluem os analistas. AGROLINK

Sigue leyendo
Anuncio
Comentarios

Más popular