Conectate con nosotros

Notas

População mata homens que estupraram mulher na frente do marido (Cenas fortes) Fonte: Marechal News

Publicado

en

Segundo a polícia, os suspeitos são naturais de Bom Jardim, a 32 km de Zé Doca. (Cenas fortes).

Dois homens acusados de estuprar uma mulher na frente do marido, no último domingo (15), em Zé Doca, no Maranhão (302 km de São Luís) identificados como Gildenir de Sousa Patrício de 24 anos e Samuel Rosendo Ferreira de 27 anos morreram após terem sido caçados e mortos por pelo menos 100 moradores da região.

10806296_803418093081297_8962417974429441313_n
Um terceiro, identificado como Manoel Feitosa Lima, suspeito de dar fuga a um dos homens, foi encontrado e amarrado a um poste nesta terça-feira (17).
A polícia já o resgatou e apura a participação dele no crime.

Segundo informações do delegado Henrique Mesquita, da Delegacia Regional de Zé Doca, o casal trafegava em uma motocicleta por uma estrada localizada entre os povoados Ebenézia e Conquista, quando foram surpreendidos por dois homens armados com facões.

De acordo com a polícia, os dois levaram as vítimas para dentro de um matagal, onde agrediram e amarram o casal, esfaquearam o homem e estupraram a mulher na frente do seu marido.

A tortura teria durado aproximadamente uma hora e meia. Os homens fugiram levando a motocicleta e deixando as vítimas para trás.

A polícia conta que a mulher, que estava despida, teria conseguido se desamarrar e soltar o marido, saindo em busca de ajuda nas proximidades do local. Ao tomar conhecimento do crime, a população do povoado Quadro teria se revoltado e saído em busca dos suspeitos.

Testemunhas informaram que, antes de cometer o crime, os homens estariam ingerindo bebida alcoólica em um local próximo à estrada. Gildenir foi achado escondido no matagal e morto a tiros pelos populares na noite de domingo.

A população continuou cercando a área até chegar a Samuel, que foi morto por linchamento. Manoel foi resgatado pela polícia no momento que era linchado pela população, e levado para o hospital municipal da cidade. Segundo a polícia, os suspeitos são naturais de Bom Jardim, a 32 km de Zé Doca.
id=25701-20-6aaf2dc2577ac3baa4f47c7ca8a55e90a85f64a1.thumb

id=25701-20-e7b565e7b523895d74e2fb5dce827ece0d834260.thumb
id=25701-20-e7b565e7b523895d74e2fb5dce827ece0d834260.thumb
Fonte: Marechal News

Sigue leyendo
Anuncio
Anuncio
Anuncio

Recientes

Facebook

Más popular