Conectate con nosotros

Notas

FRONTEIRA: Brasil e Paraguai buscam prefeito acusado de assassinato

Publicado

en

FRONTEIRA: Brasil e Paraguai buscam prefeito acusado de assassinato
10650009_881621471859697_5295901371507410683_n
O chefe de investigações do departamento de Canindeyu, comissário principal da Polícia Nacional do Paraguay, Juan Barua, veio à Mundo Novo, acompanhado dos investigadores Rody Torales e Cynthia Gimenez, com a finalidade de solicitar ao doutor Natanael Matias, delegado de Polícia Civil, toda ajuda possível para localizar o prefeito Vilmar Acosta.
ypejhu 6
Vilmar Acosta é acusado de ser o autor intelectual do assassinato do jornalista Pablo Medina e sua assessora Antonia Almada.
FALSO
Vilmar usa vários documentos. Um deles está como Vilmar Marques Gonzales – brasileiro. e Vilmar Acosta Marques – paraguayo.
_563_494_1153796
O irmão do prefeito, Wilson Acosta, também é procurado, suspeito de ser um dos autores materiais dos crimes, ocorridos na no departamento (estado) de Canindeyú, que faz fronteira com o Brasil.

Vilmar Acosta, prefeito da cidade de Ypehu, no Paraguay, que faz fronteira com a cidade de Paranhos / MS, é considerado foragido desde o dia 16 de outubro, assim como seu irmão, que também é acusado pelas mortes de Medina, de 53 anos e correspondente do jornal «ABC Color», e de Antonia, de 19.

Medina foi assassinado junto com Antonia quando viajavam em um automóvel em uma estrada do departamento de Canindeyú.

A única sobrevivente do atentado é Juana Ruth Almada, irmã da jovem assassinada, que viajava no mesmo veículo e relatou o acontecido.

O «ABC Color» publicou em seu site que a deputada Cristina Villalba, do Partido Colorado, é a protetora de Vilmar Acosta.

A região de Canindeyú é uma das principais produtoras de maconha do Paraguai, que tem como principal mercado o Brasil.

Medina vinha denunciando essas atividades e o suposto envolvimento de alguns dos políticos locais com o narcotráfico.
1655938_881621495193028_5266184078308245795_n

8948_881621588526352_894767238654037462_n

1517380_881621508526360_1671483629456181912_n
FOTOS:O chefe de investigações do departamento de Canindeyu, comissário principal da Polícia Nacional do Paraguay, Juan Barua, veio à Mundo Novo, acompanhado dos investigadores Rody Torales e Cynthia Gimenez, com a finalidade de solicitar ao doutor Natanael Matias, delegado de Polícia Civil, toda ajuda possível para localizar o prefeito Vilmar Acosta.
Fonte: César Galeano Repórter

Sigue leyendo
Anuncio
Anuncio
Anuncio

Recientes

Facebook

Más popular